Clínica Otorrino Penido Burnier
Introdução

Algumas patologias, seja pela sua localização ou seja pela sua capacidade de invadir áreas circunvizinhas, necessitam de uma abordagem multidisciplinar, na qual vários profissionais atuarão em prol da melhor assistência ao paciente acometido.

Neste contexto, o setor de neurotologia do Instituto Penido Burnier tem por objetivo atender pacientes com patologias que envolvam o osso temporal (parte do crânio onde localiza-se o ouvido) e seus arredores, além de doenças do sistema nervoso central contiguas, particularmente as lesões do ângulo ponto-cerebelar. A patologia mais comum dessa região é o schwanoma vestibular (ou neurinoma do acústico), tumor benigno que cresce a partir do nervo vestíbulo-coclear. Outros exemplos são os meningiomas, cistos dermóides, paragangliomas (glomus) do osso temporal, patologias do ápice petroso, carcinomas e as diversas causas de paralisia facial periférica.

Além do tratamento da doença (cirúrgico ou não cirúrgico), algumas vezes faz-se necessário o tratamento das sequelas, tais como paralisia facial, surdez, dificuldade na deglutição, entre outros.

Sendo assim, nosso grupo é formado por otorrinolaringologistas especializados em cirurgia do ouvido, neurocirurgiões, cirurgiões de cabeça e pescoço, radiologistas, oncologistas, além de fonoaudiólogas e fisioterapeutas. Acreditamos que o trabalho em conjunto é a maneira mais adequada para a assistência destes pacientes.